Música

Conheça os indicados ao 33º Emma Gaala

Conhecida como o Grammy da Finlândia, premiação será hoje (02), ás 14h30 horário de Brasília 

 

A maior celebração da música finlandesa, Emma Gaala premiará hoje (02) os artistas musicais que mais foram ouvidos pelos finlandeses em 2018. Como por aqui nas terras tupiniquins pouco se fala de artistas e premiações não norte-americanas, fizemos o nosso dever de casa e estão aí os indicados do Emma Awards 2019.

O Happer Pyhimys é o mais requisitado e lidera com quatro indicações. O prêmio possui dezessete categorias, que vão desde música clássica até metal.

A categoria de Álbum do ano, assim como no Grammy (Poxa Beyoncé) é a mais importante. Estão no páreo:

  • A banda de Heavy metal: Amorphis, com o álbum Queen of time
  • A banda de Hipo-hop Gasellit pelo álbum: Jano (Sede)
  • Anna Puu com o álbum POP: Nälkäinen sydän (Coração faminto)
  • O happer Pyhimys com o álbum: Tapa Poika (Jeito de menino)
  • Stam1na, banda Heavy metal pelo álbum: Taival (É isso aí)
  • A cantora POP: Vesta, com o álbum Lohtulauseita (Palavras de conforto)

As outras categorias são:

Música do ano

  • Supervoimii (Super poder) – Eastinen
  • Kaksi Ihmistä (Duas pessoas) – Haloo Helsinki!
  • Popkorni (Pipoca) – JVG
  • Jättiläinen (Gigante) – Pyhimys
  • Satutat Mua (Me magoou) – Tippa
  • Ota varovasti (Tome cuidado) – Vesta

Melhor álbum Etno

  • We are Enkel – Enkel
  • Alku (Começo) – Päive Hirvonen
  • Kulku (Passagem) – Sans
  • New times – Solju
  • Teho (Poder) – Teho

Melhor canção popular

  • Kuka näkee sut (Quem pode ver) – Juha Tapio
  • Olet maailmassa aunut (Você é a única no mundo) – Kyösti Mäkimattila & Orquestra Riku Nieme
  • Sinä Olet Elämä (Você é a vida) – Mikko Harju
  • Mitä jos mä Rakastan (E se eu amo) – Yö
  • Maailma on Kauneimmillaan (O mundo é mais belo) – Yölintu

Melhor álbum de Jazz

  • Ligger du fortfarande i sängen! (Você ainda esta na cama!)- Emma Salokosken e Quarteto Ilmiliekki
  • Folkjazz from Finland – Hot Herosin
  • Jori Huhtala 3 – Jori Huhtalan trio
  • Mopocalypse – Mopo
  • Moves (mova-se) – Timo Lassy

Melhor álbum de Música Clássica

  • Stonework – Sebastian Fagerlund
  • A finnish elegy – Jukka Harju, Jari Valo, Keski-Pohjanmaan Kamariorkesterin e Juha kangas
  • Sinfonia 1 & 4 – Witold Lutoslawski
  • Retro – Otto Tolonen
  • Sixth sense – Risto-Matti Marin

Os álbuns mais bem avaliados pela crítica

  • Adikia
  • Abracadabra – Lac Belot
  • Ruusut – Ruusut
  • Daughter – The Holy
  • Lohtulauseita (Palavras de conforto) – Vesta

Melhor álbum de Música Infantil

  • Nallen Talvi (Inverno de um urso de pelúcia) – Aili Ikonen, Matti Kallio
  • Tippukivitapaus
  • Juostaan diskoon (Corra para a discoteca) – Kikattava Kakkiainen
  • Tuutulaululevy Avaruuden maisema (Ninando no espaço) – Loiskis
  • Robin Rekku & Jekkuorkesteri

Melhor álbum de Metal

  • Queen of time – Amorphis
  • Life is not beautiful – Arion
  • Hengen Pitimet (Suportes Espirituais) – Mokoma
  • Taival (É isso aí) – Stam1na
  • Universal Satan – Turmion Kätilöt

Melhor álbum solo masculino

  • Nuorena jaksaa (Os jovens podem) – Aleksanteri Hakaniemi
  • Faith – Isac Elliot
  • Sä kuljetat mua (Cara, você me carrega…) – J. Karjalainen
  • Kuka näkee sut (Quem pode ver) – Juha Tapio
  • Ääripäät (Os extremos)- Mikael Gabriel 
  • Tapa poika (Jeito de menino) – Pyhimys

Melhor álbum solo feminino

  • Heavy rules mixtape, cowboy – Alma
  • Nälkäinen sydän (Coração faminto) – Anna Puu
  • Spektri (Espectro) – Janna
  • Monologi (Monólogo) – Jenni Vartiainen
  • Wild Wild Wonderland – Saara Aalto
  • Sanni

Melhor álbum POP

  • Nuorena jaksaa (Os jovem podem) – Aleksanteri Hakaniemi
  • Nälkäinen sydän (Coração faminto) – Anna Puu
  • Ida Paul e Kalle Lindroth
  • Monologi (Monólogo) – Jenni Vartiainen
  • Lohtulauseita (Palavras de conforto) – Vesta

Melhor álbum de Rock

  • Ääriviivoja (Contornos) – Anssi Kela
  • Blood Brothers – Blind Channel
  • Texas – Haloo Helsinki!
  • Sä kuljetat mua (Cara, você me carrega…) – J. Karjalainen
  • Jos huonoo onnee ei ois mul ei ois onnee ollenkaan (Se o mal não estiver lá, eu não terei nada) – Pää Kii

Melhor álbum – Revelação

  • Nonsense – Ibe
  • Simba – Lukas Leon
  • Sinä olet elämä (Você é a vida) – Mikko Harju
  • Vilii Sidän (Coração selvagem) – Ollie
  • Ruusut – Ruusut
  • Lohtulauseita (Palavras de conforto) – Vesta

Melhor produtor

  • Jukka Immonen
  • Jurek
  • Kalle “Kashwell” Mäkipelto
  • Samuli Sirviö
  • Tido

Melhor álbum Hip-hop/R&B

  • Grand Prix – Aste
  • Boboff tape – Cledos
  • Jano (Sede) – Gasellit
  • Lössi – (Perda) Gettomasa
  • Kaikki on hyvin (Está tudo bem) – Paperi T
  • Tapa poika (Jeito de menino) – Pyhimys

Melhor banda

  • Queen of time – Amorphis
  • Jano (Sede) – Gasellit
  • Texas – Haloo Helsinki!
  • Ida Paulin e Kalle Lindroth
  • Taival (É isso aí) – Stam1na

 

A cerimônia e as apresentações dos artistas serão no Hartwall Areena, em Helsinki, na Finlândia e será transmitida pelo canal aberto, Nelonen.

Nos siga no Twitter, Instagram e Facebook

Anúncios

0 comentário em “Conheça os indicados ao 33º Emma Gaala

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: