Filmes|Séries|TV

Veja as nossas previsões de vencedores do Óscar 2019

91ª edição da premiação ocorre amanhã (24)

MELHOR FILME

O Óscar sempre tenta passar uma mensagem com as suas escolhas em cada edição. Roma e Infiltrados na Klan transmitem duas lições importantes dentro do momento em que os Estados Unidos vive, não só atualmente, mas é algo que está enraizado em sua cultura. O racismo e a xenofobia. Acreditamos que um desses dois longas irá vencer. Um filme latino e um que denuncia o racismo.

Roma

O filme possui histórias dramáticas que criam laços entre uma família desestruturada e sua empregada fiel. Uma história que pega quem geralmente está como coadjuvante e o põe como principal. Uma narrativa emocionante que te trás sentimentos agridoces.

Infiltrados na Klan

O Filme é uma grande aula de história, super didático, com pitadas de romance, amizade entre pessoas diferentes, mas com um mesmo intuito. Tem uma boa trilha sonora, comédia, personagens bem construídos, contando histórias de movimentos contrários e trazendo as cenas de contrates uma após a outra, pra exemplificar as diferenças de ideologias e atitudes.

Por mais que seja uma adaptação, a narrativa foi muito bem executada, a partir da história que por si só já é espetacular. O mini documentário no final vem pra fechar com chave de ouro (aquele clichê) pra trazer a reflexão de que a história está se repetindo e que ainda precisamos lutar para fugir das coisas ruins do passado e não revivê-las.


MELHOR ANIMAÇÃO

Homem-Aranha no Aranhaverso

A narrativa é genial, com humor inteligente e uma mistura da animação com as histórias em quadrinhos, uma referência clara ao antigo com apenas um Homem-Aranha e agora com esse universo expandido e vários dele por aí.

Ilha de Cachorros

Uma história sobre corrupção, ciência, teorias da conspiração e amizade entre humanos e animais. Uma bomba atômica que tinha tudo pra dar errado e deu completamente certo. Um Stop Motion que mostrou o zelo com a riqueza de detalhes e a direção marcante, principalmente com a retirada de alguns frames que trouxe um diferencial para a linguagem corporal dos personagens. Sem contar a mistura de línguas e a sacada genial de inserir uma tradutora no filme para não perder a essência da língua original e a dublagem dos outros países.

MELHOR DIREÇÃO E MELHOR FOTOGRAFIA

Alfonso Cuarón – ROMA

Ângulos inexplorados por outros diretores, cenários improváveis longe da glamourização de Hollywood e a escolha do P&B para deixar a trama mais dramática foi a cereja do bolo que o deixou na dianteira na disputa pelo prêmio. Seja o diferencial!

MELHOR ATOR

Rami Malek (Bohemian Rhapsody)

Representar grandes ícones pode levar muitos intérpretes à loucura. O ator não cria algo novo, ele tem que se adaptar a algo que todos já conhecem e isso o deixa mais exposto a falha e decepção do público.
Rami Malek soube vender muito bem o seu Fredy Mercury, é inegável o seu comprometimento com o papel e a sua aproximação com a realidade.

Rami Malek no filme “Bohemian Rhapsody”

MELHOR ATRIZ

Glenn Close (A Esposa)

Com toda a certeza esse não é o grande papel da carreira de Glenn Close, mas o prêmio vem pra coroar toda uma trajetória. As outras indicadas ainda tem muito a provar para a academia sobre a sua versatilidade e entrega. Glenn é a unica preparada para ter a estatueta na estante.

Glenn Close no filme “A esposa”

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Mahershala Ali (Green Book – O Guia)

Mahershala Ali realmente nos fez acreditar que ele era aquele pianista, sem em nenhum momento desgrudar da personalidade do seu personagem. Não que Richard E. Grant não seja um forte candidato em “Poderia me perdoar?”, infelizmente para ele, Mahershala exalou perfeição.

Mahershala Ali no filme “Green Book – O Guia”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Regina King (Se a Rua Beale Falasse)

História dos anos 1970 com pitadas de amor entre um casal, num vai e vém de memórias. Regina King se impõe em cena nas boas interações com a filha Tish, além de situações tensas que envolve gravidez e prisão. O papel da atriz é crível e dá credencial para que ela agarre a estatueta e não fique apenas nas indicações como em outros prêmios.

Regina King no filme “Se a Rua Beale Falasse”

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Green Book – O Guia

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Infiltrado na Klan

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Roma (México)

MELHOR DOCUMENTÁRIO

RBG

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

O Retorno de Mary Poppins

MELHOR FIGURINO

Pantera Negra

MELHOR MAQUIAGEM

Vice

MELHOR EDIÇÃO

Bohemian Rhapsody

MELHOR TRILHA SONORA

Pantera Negra

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

“Shallow” (Nasce uma Estrela)

MELHORES EFEITOS VISUAIS

Vingadores: Guerra Infinita

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

Um Lugar Silencioso

MELHOR MIXAGEM DE SOM

Bohemian Rhapsody

MELHOR CURTA-METRAGEM

Detainment

MELHOR CURTA-METRAGEM – ANIMAÇÃO

Bao – Pixar

Cena da animação “Bao” da Pixar

MELHOR CURTA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO

Period. End of Sentence

Cena do documentário “Period. End of Sentence”
Anúncios

Sobre Viana

Acadêmico de Jornalismo apaixonado por filmes, séries e músicas do século passado. Não fica um dia sem assistir desenho animado, bisbilhotar a vida das divas do showbiz e encher o carrinho nas lojas online e não comprar nada.

0 comentário em “Veja as nossas previsões de vencedores do Óscar 2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: