Música

Spice Girls: Após retorno em 2018, relembre a trajetória do grande fenômeno dos anos 90

Grupo já anunciou turnê para este ano. E com novo álbum!


As “Spice Girls” sempre são lembradas como o maior girl group que já existiu. Ainda assim, muitas pessoas desconhecem a trajetória das vozes de “Wannabe”. Em 2018 o grupo anunciou seu retorno com turnê, mesmo sem Victoria Beckham e segundo Emma Bunton, uma das integrantes, elas gravarão um novo álbum ainda este ano.

Porém, antes de voltarmos a cantar as músicas e ensaiar as coreografias, vamos relembrar todos os momentos marcantes na carreira das meninas apimentadas.

Melanie Brown, Melanie Chisholm, Emma Bunton, Geri Halliwell, e Victoria Beckham foram escolhidas dentre 400 meninas em uma audição para integrar um grupo de garotas que competisse com as boybands que se comparam ao que o BTS ou o falecido One Direction representam hoje.

O grupo iniciou em 1994, mas foi em 1996, ao lançarem o seu primeiro single “Wannabe”, que elas explodiram (no bom sentido). O single alcançou o topo das paradas em mais de 30 países. Nascia um fenômeno mundial.

O videoclipe também foi um sucesso e chegou a ser transmitido até setenta vezes por semana no período de estreia.

Grande parte do sucesso das Spice’s se deu pelo fato de que cada uma tinha características muito individuais cheias de representatividade. E por isso chamavam a atenção de um público diversificado e de de diferentes tribos. Sem contar a mini revolução fashion que elas causaram por se destacarem e influenciarem as massas com suas roupas e acessórios extravagantes.

Isso fica comprovado quando cada uma delas recebeu apelido e “codinome” a partir de suas diferentes personalidades e estilos. Mel B. era a “Scary Spice” (Assustadora, “Diferentona”), Mel C a “Sporty Spice” (Esportista), Emma “Baby Spice” (Mais jovem do grupo e meiga), Geri era a “Ginger Spice” (Ruiva rebelde), e Victoria a “Posh Spice” (Elegante).

Victória|Emma|Mel B.|Geri|Mel C.

“Girl Power” era o principal slogan do grupo, que enfatizava o poder da mulher em suas músicas e atitudes. Com tanta popularidade, as garotas conseguiram derrubar o reinado do “Rock alternativo”, “Hip-hop” e o “R&B” e revolucionar a indústria fonográfica com o “Teen Pop” que reina até hoje.

Com a onda “Spice mania”, o grupo se tornou o mais comercializado na história da música. Descobriram formas de monetizar a sua imagem de maneiras inexploradas na época. Elas tinham bonecas, sapatos, roupas, material escolar e tantas outras coisas que você poderia imaginar – o rosto das Spice’s estaria estampado na caixa.

Bonecas das “Spice Girls”

Em 1996, as meninas lançaram o seu álbum de estréia “Spice” e como já sabemos, foi um sucesso. Com mais de 36 milhões de cópias, ele recebeu o título de álbum mais vendido de todos os tempos por um grupo feminino. O disco seguinte “Spiceworld”, lançado em 1997, vendeu mais de 24 milhões de cópias em todo mundo.

Em junho de 1997, o grupo começou a produzir sua estréia no cinema, o filme “Spice World”. Como já era esperado, ele foi um sucesso de bilheterias. Contudo, o longa pode ter sido aclamado pelo público, mas não pela crítica que não mediu esforços em hostiliza-lo. O filme chegou a ser indicado para sete prêmios no Framboesa de Ouro (prêmio dos piores do cinema) de 1999, quando juntas ganharam o prêmio de “Pior Atriz”.

Poster do filme “SpiceWord”

Um ano depois, Halliwell anunciou sua saída das Spice Girls e alegou que precisava de uma pausa da vida tumultuada de super star. Porém, as outras quatro resolveram continuar com o grupo. Mas como nós sabemos, os grupos costumam desmoronar quando um dos integrantes decide se desvincular – Rouge e Fifth Harmony entendem bem como isso funciona.

Em novembro de 2000, o grupo lançou seu terceiro álbum de estúdio Forever, mas não se comparou ao sucesso dos seus lançamentos anteriores.
Em dezembro do mesmo ano, o grupo anunciou oficialmente o início de um hiato indefinido para focarem em suas carreiras solo.

Já em 2007, o grupo se reuniu para mais uma turnê. Ao total, arrecadaram cerca de US$ 107,2 milhões em vendas de ingressos e merchandising.

Imagem da turnê realizada pelas “Spice Girls” em 2007

No ano passado, os fãs puderam comemorar mais uma vez com o retorno do girl group. Como nem tudo na vida é perfeito, foi anunciado que Victoria não se juntaria ao “come back”. As “Girls Power” já entregaram em entrevistas que podemos esperar uma turnê e um novo álbum ainda este ano.

Imagem de divulgação do retorno anunciado em 2018

Outros prêmios

As Spice Girls receberam vários dos prêmios mais importantes da Europa e dos E.U.A. Estão entre eles cinco Brit Awards, três American Music Awards, três MTV Europe Music Awards, um MTV Video Music Awards e três World Music Awards. Em 2000, elas receberam o prêmio Brit Awards por sua excelente contribuição para a indústria musical britânica.

Agora que já relembramos tudo que precisávamos para exaltar ainda mais esses ícones, só nos resta esperar a sua vinda para o Brasil! Spice’s, come to Brazil!


Nos siga nas redes sociais: InstagramFacebook Twitter

Anúncios

0 comentário em “Spice Girls: Após retorno em 2018, relembre a trajetória do grande fenômeno dos anos 90

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: